Sem título

.

Mick Jagger e os Rolling Stones

Mick Jagger não se tornou o homem por trás dos negócios e do marketing de uma das bandas mais bem sucedidas da história à toa: o frontman dos Stones cursou Economia e Gestão de Negócios na London School of Economics. Nunca chegou a concluir o curso, mas o que aprendeu por lá deu uma força importante em sua carreira musical. Ao lado dos Rolling Stones, Mick Jagger mudou a história da música, mas não só a dela. Ao assumir a frente da banda, o vocalista desfrutou da rebeldia de que o rock tem fama para criar uma personalidade marcante para as próximas gerações, ancorada em um estilo que viria a ser reconhecido ao longo dos anos. “Tudo o que vale a pena fazer, vale ainda mais a pena exagerar”, diz a voz do mais recente sucesso “Living In A Ghost Town”, em um de seus inúmeros discursos reconhecidos.
Aos 76 anos de idade, Mick Jagger deixou uma herança na moda e perseverança para os seus seguidores. Mostrou, mesmo para aqueles que nem ao menos sabem sobre a sua influência, que é possível se preparar para o mundo profissional sem deixar de lado os seus sonhos.
voltar